Essenciais da gravidez

Agora com 35 semanas e o tempo a passar uns dias mais depressa do que outros, estamos quase quase a ter o A. ao pé de nós! Durante este tempo houve alguns produtos e coisas que me têm acompanhado, e no que toca a produtos sinto-mo muito satisfeita com as escolhas.

1- Uriage Bariederm Bálsamo Labial: bálsamo para lábios, que permite uma tripla acção para um triplo efeito lábios. Uma acção isolante à superfície que previne de futuras agressões, uma acção reparadora em profundidade que restaura os lábios gretados ou com fissuras, e uma acção calmante  para aliviar imediatamente os lábios ressequidos e proporcionar mais conforto.

2- Óleo de manteiga de cacau da Palmer’s: é um óleo com uma formula exclusiva que hidrata e suaviza a comichão e a secura da pele resultantes da gravidez. Combina manteiga de cacau, vitamina E, colagénio e elastina, melhorando a elasticidade e firmeza da pele. Totalmente APROVADO!

3- Mustela 9 meses – hidratação extrema: Hidrata  imediata e prolongadamente, e ajuda a  regenerar e a proteger a integridade da pele.

4- Mustela 9 meses – anti-estrias dupla acção: contribui para a  prevenção e redução das estrias recentes graças à associação inovadora de ativos de origem natural (a pele resiste melhor aos fatores que originam as estrias).

Quanto aos restantes itens, o longo da gravidez têm aparecido algumas borbulhas na cara e por isso tento usar sempre um pouco de maquilhagem para disfarçar. Os produtos que uso:

BB cream da Nivea – cobre bem as imperfeições e gosto bastante do tom.

– Base em mousse, Pó compacto multicolor, corretor de olheiras e tudo da Catrice.

Têm-me acompanhado sempre também durante estes tempo, as minhas All Star e calças Boyfriend, ambas super confortáveis e sempre na moda! 😀

20140522-220457-79497811.jpg

Roupa para mamãs

Não me agradam muito as roupas de grávida, são sempre sem graça nenhuma e parece que andamos todas vestidas de igual. Até agora ainda não comprei nenhuma peça de roupa de grávida, tenho aguentado com as minhas camisolas e camisas, comprei só uns pares de calças (mas de corte normal, apenas um tamanho acima).

Numa volta pela neta, encontrei estas peças da Asos e da H&M que me fizeram pensar… estas até são bem giras 😉

H&M

ImagemImagem

Asos

ImagemImagem

Diabetes gestacional

Como referi aqui, desenvolvi diabetes na gravidez.

No inicio não achei que fosse interferir muito com o dia-a-dia – estava completamente enganada! A rotina de ter de fazer o controlo diário dos valores da glicemia é chata, na primeiras semanas após o diagnostico tinha de o fazer 6 vezes por dia… agora já só são quatro (em jejum, 1 hora após o pequeno almoço, 1 hora após o almoço, 1 hora após o jantar). outra coisa muito chata, com que nunca tive de me preocupar, é o controlo na alimentação, não ingerir alimentos com muitos açúcar ou hidratos de carbono.

Por enquanto tenho conseguido controlar a situação sem necessidade de fazer insulina, somente a dieta passada pela nutricionista e algumas caminhadas têm ajudado a controlar a coisa…o que não quer dizer que com o avançar da gravidez não venha a necessitar.

O que é a diabetes gestacional?

É um tipo de diabetes que pode surgir na gravidez e que desaparece após o parto. Contudo, há a probabilidade destas mulheres entre 5 a 10 anos poderem desenvolver diabetes (com maior probabilidade nas mulheres que sofram de obesidade).

Quais as consequências da diabetes gestacional?

Pode haver um maior risco de hipertensão, o parto pode ter de ser feito por cesariana (pois o bebé tem maior risco de nascer com peso acima da média). Durante a gravidez se os valores não estão controlados, o bebé produz a sua própria insulina para controlar os valores altos de glicemia, o que pode acontecer após o nascimento é o bebé ter baixas de açúcar no sangue (hipoglicemia) e terem de ser controlados.

Como controlar a diabetes gestacional?

Devem ser feitas pelo menos 6 refeições diárias, não tendo de intervalo entre si mais do que 3 horas no máximo. Seguir uma dieta saudável e variada, a que estou a fazer é a seguinte:

8h Pequeno-almoço: 240ml de leite ou 2 iogurtes naturais ou aromas 0% açúcar; 1 pão de mistura; 1 fatia de queijo

10.30h Merenda da manhã: 1 peça de fruta; 2 bolachas tipo água e sal; 1 iogurte 0% açúcar

13h Almoço: 1 peça de fruta; sopa de legumes; prato da refeição (1/2 de legumes e hortaliças + 1/4 de carne ou peixe + 1/4 de arroz ou massa)

13.30h Merenda da tarde 1: 1 peça de fruta, 2 bolachas tipo água e sal, 1 iogurte 0% açucar

17.30/18h Merenda da tarde 2: 1 chá erva doce ou cidreira sem açúcar, 1 pão (mistura), 30gr de queijo

20.30h Jantar: 1 peça de fruta; sopa de legumes; prato da refeição (1/2 de legumes e hortaliças + 1/4 de carne ou peixe + 1/4 de arroz ou massa)

23h Ceia: 1 copo de leite ou 2 iogurtes, 2 bolachas tipo torrada

É muito importante também beber pelo menos 1,5l de água por dia!!!!!

De dois passamos a três

Agora, já com 23 semanas, passada a fase em que tudo me irritava (pobre do P. que teve de me aturar) passamos à fase em que TUDO me dói! Tem sido impossível dormir duas horas seguidas durante a noite, dores nas costas, e principalmente na anca, penso que será será do peso do corpo, porque assim que me levanto as dores passam!

Com o trabalho e as emoções iniciais acabei por não expor antes a felicidade no blog, mas apesar do mau humor e das dores, tem sido uma fase muito boa nas nossas vidas. O António está a crescer saudável (apesar da minha diabetes gestacional, que falarei noutra altura), é bastante agitado o que me faz sentir acompanhada em todos os minutos do dia 🙂 

Imagem